domingo, 28 de fevereiro de 2010

De Kika Tristão

Kika Tristão disse...

Lágrimas!!!Lindo!!!Explêndido!!!Fiquei extasiada!Por isso ela, a música, é a mãe de todas as artes!!!
Viva Enio Moriconi,Tom Jobim,e todos os grandes maestros e suas músicas que nos tocam profundamente,bem lá no fundo,na alma!Quando acontece, parece que flutuamos,num torpor e... explodimos de emoção!!!Lágrimas!!!Obrigada pai!Te amo sua filha cantora.Kika


Sobre o vídeo de Enio Morricone - Cinema Paradiso

Número de mortos no terremoto do Chile já ultrapassa 700

A presidente do Chile Michelle Bachelet informou que até agora são 708 o número de mortos pelo terremoto ocorrido no Chile na madrugada do último sábado e o número tende a crescer ainda mais.

Terremoto deixa 2 milhões de desabrigados e 1,5 milhão de casas afetadas.

Terremoto matou mais de 300 no Chile

Segundo fontes de autoridades chilenas o terremoto ocorrido na madruga do último sábado no Chile, segundo os levantamentos mais recentes, já matou mais de 300 pessoas.

Estima-se em dois milhões o número de pessoas afetadas de alguma maneira pelo terremoto.

Em Concepción, segunda cidade do país e a mais atingida pelo tremor, mais de 100 pessoas se encontram presas em um prédio de 14 andares que se partiu ao meio. Segundo os bombeiros o resgate destas pessoas deve durar 2 semanas.

Tsunami no Havaí não teve maiores consequências . Ondas de 2 metros, apesar do recuo do mar. População tranquilizada em razão da incidência de pequenas ondulações ocorridas no mar havaiano.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Dilma sobe e Serra cai novamente

Segundo a última pesquisa Datafolha a candidata do PT , Dilma Rousseff subiu de 23% nas intenções de voto para 28%, enquanto Serra caiu de 37% para 32%. Na simulação para o segundo turno a diferença também caiu. As intenções de voto para o canditato Serra foram de 49% para 45%; já a canditata Dilma subiu de 34% para 41%.

Foram ouvidas 2623 pessoas entre os dias 24 e 25 de fevereiro.

214 mortes em terremoto no Chile.

Segundo autoridades chilenas o número de morte chega a 214 vítimas fatais. Tremor secundário mata ao menos 2 na Argentina.

Chile já teve quase 60 tremores secundários após o terremoto.

Mais de 140 mortes no terremoto do Chile

O terremoto de 8,8 graus de magnitude que atingiu o Chile na madrugada deste sábado ja matou 147 pessoas no país andino e provocou um tsunami no oceano Pacífico que deverá chegar ao Havaí por volta de 18 horas - hora de Brasília - . Onda gigante atinge a costa do Chile. As informações dos tsunamis foram prestadas pela Administração Nacional de Atmosfera e Oceanos (NOAA, sigla em inglês) .
Concepción foi a cidade mais atingida no Chile. Um prédio de 2 andares foi partido ao meio e mais de 100 pessoas encontram-se sob os escombros.
Países da América do Sul como Equador, Peru e Colombia, bem como os países da America Central banhados pelo Pacífico estão em alerta em relação aos tsunamis.
Presidente Lula pede que Itamaraty avalie ajuda ao Chile.
Aeroporto de Santiago foi duramente atingido e permanecerá fechado por cerca de 24 horas.
Não há notícias de morte de turistas brasileiros no Chile.
Terremoto foi sentido até na cidade de São Paulo. Moradores de diversos prédios sentiram pequenos tremores.

Enio Morricone - Cinema Paradiso

video

Vote em um careca e ganhe dois - Repugnante

video

78 pessoas morrem após violento terremoto no Chile

Na madruga deste sábado um violente terremoto de magnitude 8,8 na escala Richter atingiu o Chile causando 78 mortes registradas até agora. Foi o maior tremor registrado em 25 anos e a presidente Michelle Bachelet decretou estado de catástrofe. O United States Geological Service esclareceu que o terremoto teve o seu epicentro a 35 km de profundidade, na região de Bio Bio, a cerca de 320 km ao sul de Santiago, e a 91 km ao norte de Concepción.
Ocorreram 13 réplicas de magnitude entre 6,9 e 5,2 graus nas horas seguintes ao primeiro tremor ocorrido às 3h 26min segundo o Escritório Nacional de Emergência do Chile.

O vascaíno Paulinho da Viola

video

Mudando de roupa

video

PT em Juiz de Fora define os candidatos à Câmara e Assembléia

Em reunião a partir das 11 horas deste sábado - 27/02/2010 - no Sindicato dos Têxteis o PT de Juiz de Fora e região lançam o nome de Margarida Salomão como pré-candidata a Deputada Federal, após expressiva votação na última eleição para a Prefeitura. Margarida surge como único nome do PT para a Câmara dos Deputados consolidando sua liderança em toda região de Juiz de Fora. .
Vários nomes surgem ao lançamento de uma pré-candidatura para a Assembléia Legislativa. Os vereadores Flávio Cheker, Roberto Cupolillo (Betão) e Wanderson Castelar estão entre aqueles que poderão ser lançados. Ressurge o nome de Ivan Barbosa, figura destacada na última eleição como candidato a Vice-Prefeito na chapa de Margarida, que recebe significativo apoio das bases. Outros nomes também serão considerados pelo partido. O consenso estabelecido é de que Juiz de Fora e região lançe somente uma pré-candidatura tanto para a Câmara dos Deputados quanto para a Assembléia.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

De Sylvio Cesar

mentários:

sylvio.cesar disse...

Popoldo
A "República Popular do Prata" com efeciente estratégia inglesa destituiu o arrogante império do amor e após serviu uma lauta bacalhoada preparada em fogão de seis bocas a toda população alvinegra.
sylvim

23 de fevereiro de 2010 10:22

De Danielle Tristão

Dani Tristão disse...

Foram os DEMos que queriam acabar com a nossa raça. Veja só quem é que está se acabando? O único governador, preso por corrupção e o prefeito da maior cidade do país, cassado pelo TRE. Ambos íntimos de josé Serra o protegido da grande mídia podre. Tucano e DEMos tudo a ver!!! Chega de tucanagem! 2010 vai ser Dilmais!


A respeito da cassação de Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo

De Everson Dias - ganhador de dois Grammys

Imperador Leopoldo, foi um prazer poder ajudar na criação do seu blog.
Boa sorte.
Everson Dias

De Heloisa Ibrahim

Maravilha! Leopoldo Tristão, rapaz prendado e dadivoso, haha, virou blogueiro também. Seja bem-vindo! É um mundo fascinante!
Uma sugestão para que o blog fique ainda melhor: a letra vermelha no fundo azul está difícil de ler, principalmente para quem já passou dos... 30... 40... 50! :)
Beijos.

Do Eng. Luis Carlos Carvalho

Caro Leopoldo:
A falta de surgimento de uma nova liderança com raízes populares, está a exigir um posdicionamento das forças progressistas de JF, no tocante a candidaturas que possam fazer frente à onda de eleições compradas. Tenho comigo que Tarcísio Delgado não pode simplesmente "pendurar as chuteiras", apesar da grande decepção sofrida nas últimas eleiçções. Não tenho dúvida, absolutamente nenhuma, de que o "dinheiro" falou mais alto e prepara-se para uma nova investida. Tarcísio é uma reserva moral indispensável. Creio que devemos discutir como e onde é necessária sua atuação...
Tikarlim

Banco do Brasil alcança o maior lucro da história de bancos no Brasil

Em 2009, o lucro de 10,15 bilhões de reais, uma alta de 15,3%, é o maior da história de bancos no Brasil. O Banco do Brasil prevê que o crédito, seu principal motor de expansão, seguirá forte em 2010. O banco assumiu a liderança entre os bancos no país.

Copa Libertadores

Em casa: Cruzeiro, Flamengo e Corinthians vencem
Fora: São Paulo perde por 2 x 1 de virada para o Once Caldas

IBGE: Menor taxa de desemprego no Brasil desde o início da série histórica em 2002

A taxa de desemprego média do Brasil no mês de janeiro deste ano foi de 7,2%, frente aos 6,8% (menor taxa histórica) ocorrida em dezembro de 2009. Trata-se da menor taxa do mês de janeiro desde o início do levantamento da taxa de desemprego do IBGE, iniciada em 2002.
A renda média do trabalhador cresceu 1,1% em janeiro em relação a dezembro/2009 alcançando o valor de R$ 1.373,50. Em relação a janeiro/2009 houve uma queda de 0,4%. O IBGE mede a situação no mercado de trabalho nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife.

Do blog do Zé Dirceu

Contra fatos não há argumentos
Publicado em 25-Fev-2010
ImageTotalmente furada a teoria exposta em reportagem da Folha de S.Paulo de hoje, sobre os ganhos que o empresário Nelson dos Santos, acionista da Eletronet, teria de qualquer jeito - segundo o jornal - com a implantação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Se a caução depositada por força de determinação judicial for resgatada será em benefício dos credores Lucent-Alcatel e Furukawa (que investiram na empresa e agora cobram) e não do empresário. E se alguma empresa comprar os créditos, o governo não tem nada a ver com isso. Até porque foi a gestão tucana do ex-presidente FHC que criou a Eletronet dando de mão beijada 51% das ações para a AES e deixando os outros 49% para a União, via Ligthpar (hoje Eletropar).

Image
fibras ópticas
Totalmente furada a teoria exposta em reportagem da Folha de S.Paulo de hoje, sobre os ganhos que o empresário Nelson dos Santos, acionista da Eletronet, teria de qualquer jeito - segundo o jornal - com a implantação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Se a caução depositada por força de determinação judicial for resgatada será em benefício dos credores Lucent-Alcatel e Furukawa (que investiram na empresa e agora cobram) e não do empresário. E se alguma empresa comprar os créditos, o governo não tem nada a ver com isso. Até porque foi a gestão tucana do ex-presidente FHC que criou a Eletronet dando de mão beijada 51% das ações para a AES e deixando os outros 49% para a União, via Ligthpar (hoje Eletropar).

O governo não tem nada a ver com a venda dos 51% da AES para o empresário Nelson dos Santos. A Eletropar não fez a opção porque o governo não reconhece a “propriedade” da Eletronet sobre a rede de 16 mil km de fibras ópticas. Para simplificar a questão: a Eletronet tem apenas uma espécie de concessão sobre essa rede. E até agora a justiça deu ganho de causa para essa tese do governo.

O que interessa à Folha

Mas, a Folha parece interessada em duas coisas: provar que o empresário Nelson dos Santos será beneficiado; e inviabilizar o PNBL, caso a Eletronet se viabilize e a justiça lhe dê a posse da rede de fibras ópticas - o que até agora parece bem improvável.

Tirando as acusações infundadas e sem base nos fatos e na realidade publicadas nos jornais, o que temos de fato é uma empresa - a Eletronet - sem ativos, sem valor, sem as fibras ópticas apagadas (ainda sem uso) e com dívidas de R$ 600 milhões, podendo chegar, inclusive a R$ 800 milhões. Como é possível, então, que o empresário Nelson dos Santos possa vender sua parte por R$ 200 milhões? Ou que obtenha tal lucro no caso de venda da empresa ou de uma decisão judicial final favorável ao governo?

No Estadão de hoje, também, outra informação completamente equivocada. Segundo o jornal, o advogado Márcio André Mendes da Costa, contratado pelas centrais elétricas no processo de falência da Eletronet, afirma que o governo quase favoreceu "o ex-cliente de Dirceu", o empresário Nelson dos Santos. De acordo com esse advogado, em 2006 havia uma orientação para que o governo usasse uma estatal para assumir o pagamento dos fornecedores da Eletronet e suspender a falência. Alertado pela AGU, em 2007, o governo mudou de estratégia e enterrou as possibilidades de ganho para os sócios da empresa falida.

Nessa data - 2006 - eu sequer conhecia o empresário Nelson dos Santos.



Foto: stockxpert.com/ retirada do portal AGU

Vasco empata com futebol inexpressivo

Pela Copa do Brasil o Vasco da Gama empatou com o Souza da Parasíba por zero a zero.Futebol ridículo apresentado pelo Vasco. Desta maneira terá vida curta no torneio que possibilita acesso à Libertadores.

Mais um esclarecimento da AGU desmente a Folha

AGU
Nota Pública sobre retomada de posse da rede de fibras ópticas pela Eletrobrás
A rede de fibras ópticas é de propriedade das empresas do sistema Eletrobrás e foi operada pela massa falida da Eletronet - Foto: stockxpert.com
Data da publicação: 23/02/2010

Em atenção às notícias "Nova Telebrás beneficia cliente de Dirceu" e "Dirceu recebe empresa por trás da Telebrás", veiculadas pelo jornal Folha de São Paulo na capa e página B1, com circulação no dia 23 de fevereiro, esclarece a Advocacia-Geral da União:

1) A União obteve, em reclamação apresentada pela AGU ao Tribunal Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em dezembro de 2009, a retomada da posse das fibras ópticas do sistema de transmissão e distribuição de energia.

2) A rede de fibras ópticas é de propriedade das empresas do sistema Eletrobrás e foi operada pela massa falida da Eletronet mediante previsão contratual.

3) Para a retomada da posse, a Eletrobrás apresentou caução conforme determinação judicial proferida em junho de 2008.

4) A caução atenderá exclusivamente eventuais direitos de credores da Eletronet e não dos seus sócios.

5) A utilização que vier a ser dada à rede de fibras ópticas não beneficiará a massa falida da Eletronet, seus sócios, seus credores ou qualquer grupo empresarial privado.

6) A retomada desse patrimônio, por via judicial, não gerou direitos aos sócios da Eletronet ou qualquer outro grupo empresarial privado.

7) Eventual reativação da Telebrás não vai gerar receitas ou direitos de crédito para a massa falida da Eletronet, seus sócios, credores, ou qualquer grupo empresarial com interesses na referida massa falida.

Advocacia-Geral da União

AGU desmente Folha em entrevista ao Estado de São Paulo pelo seu titular, Luis Inácio Adams

Sócios da Eletronet não receberão nada
A Advocacia Geral da União está segura que os cabos de fibra óptica administrados pela Eletronet são de propriedade das centrais elétricas federais e que o processo de falência da empresa não resultará em despesas a serem assumidas pelos cofres públicos. Em entrevista ao repórter Renato Andrade, do jornal O Estado de S.Paulo, o titular da AGU, Luís Inácio Adams, reconhece que os credores da companhia têm direito a receber "alguma coisa" da Eletronet, mas ressalta que os sócios da companhia, incluído o empresário Nelson dos Santos, não vão receber "nada" quando o processo de falência for concluído. A seguir, os principais trechos da entrevista:

Estado : Em algum momento o governo cogitou a ideia de recuperar
a Eletronet ou incorporar a empresa à estatal que conduzirá o plano de banda larga?

Luís Inácio Adams: No início se avaliou várias possibilidades, inclusive levantar a falência, mas no decorrer do exame identificamos que a rede de fibra óptica, que era o interesse principal desse processo porque é ele que viabiliza o projeto de banda larga público, não pertencia a Eletronet. Pertencia sim às empresas do setor elétrico.

Estado : A possibilidade de suspender a falência e recuperar a Eletronet ainda está no radar do governo?

Adams: Não está. A AGU disse ao governo, em 2007, que se o objetivo era tomar a posse da rede, contratualmente esses cabos já pertenciam à União. A decisão do governo foi dar prosseguimento ao que estava garantido no contrato.

Estado: As empresas credoras argumentam que as dívidas da Eletronet somam R$ 800 milhões. Esse valor é correto? O governo terá que assumir parte dessa despesa?

Adams : Como a AGU não atua no processo de falência, não temos essa informação, mas o governo não assume a dívida. Não se pode negar que existe o crédito dos credores da Eletronet. Eles têm direito a receber alguma coisa. Pode não ser o quanto eles pretendem, mas eles têm direito a receber alguma coisa da massa falida.

Estado : Os sócios da empresa vão faturar alguma coisa?

Adams : Esse é um ponto que tem que ficar claro. Temos os credores da Eletronet e os sócios. São coisas totalmente diferentes. Os sócios não vão receber nada desse processo.

Estado: Existe alguma possibilidade dos sócios receberem algum recurso?

Adams : Há única alternativa seria, eventualmente, a Eletronet sair da falência, o que não é sequer cogitado como alternativa. Não há como levantar a falência hoje. Isso só aconteceria se o valor do patrimônio fosse superior ao valor a ser pago aos credores.

Estado : A incorporação da Eletronet pela futura gestora da rede também seria uma alternativa de ganho para os sócios, não?

Adams: Mas essa não é uma alternativa. A alternativa adotada foi retomar o patrimônio nos termos do contrato existente. Com o pagamento dos credores, não vai sobrar um centavo. Na eventualidade de sobrar algum dinheiro, esse recurso poderia ser repartido entre os sócios, mas seria a primeira falência na história em que isso iria acontecer.

Estado : O governo já fez a caução das garantias para retomada da rede?

Adams : A caução já foi dada. São títulos que o sistema elétrico tem e que foram prestado em garantia junto à massa falida. Essa garantia não é pagamento. Ao final da discussão sobre as pretensões dos credores, se elas forem acatadas, a caução será apropriada para pagamento.

Estado: Num cenário hipotético, se o governo lançar o plano de banda larga hoje ele já poderia utilizar a rede de fibras ópticas?

Adams: É claro que não é tão simples assim, mas se o governo decidir lançar o plano, a rede está disponível para isso.

Veículo de Comunicação: Estado de S. Paulo
Data Publicação: 24/2/2010 12:00:00




Advocacia-Geral da União
Setor de Indústrias Gráficas - Quadra 6 - Lote 800 - Brasília-DF - CEP 70.610-460 - Fone: (61) 3105-8709 / 3105-8807

2009 - Advocacia-Geral da União. v1.0.0.595.13. Todos os direitos reservados.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Em Juiz de Fora Tarcísio Delgado descarta possibilidade de nova candidatura

Em entrevista ao jornal Tribuna de Minas ex-prefeito Tarcísio Delgado descartou a possibilidade de candidatura a deputado estadual nas próximas eleições. "Nao sou candidato. Não há qualquer dúvida", afirmou. A possível candidatura foi cogitada no jornal JF Hoje. Tarcísio ainda é, sem dúvida, uma grande liderança política na cidade, sendo consultado por muitos possíveis candidatos e analistas políticos.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

José Alencar: Zona da Mata está abandonada

Em entrevista coletiva o bem humorado Vice-Presidente José Alencar afirmou que a Zona da Mata está abandonada, necessitando de maior ajuda por parte dos governantes. Perguntado quem abandonou a Zona da Mata, mineiramente respondeu que "fomos nós, porque na realidade eu não quero acusar ninguém". Dizendo ser a "Zona da Mata mineira de topografia bastante acidentada, a vocação natural seria a criação de animais de pequeno porte, a plantação de árvores de madeira de lei e serviços horti-fruti-granjeiros. Risonho e otimista com sua saúde o Vice-Presidente cogitou sobre a possibilidade de partir para uma candidatura ao governo de Minas.

Paulo Otávio sem apoio, decide renunciar

O governador em exercício do Distrito Federal sentindo-se isolado no governo, decidiu renunciar ao cargo. O seu substituto será o Deputado Wilson Lima (PR0, presidente da Câmara Distrital, eleito em plena crise, segundo os analistas também não possui respaldo político necessário para conduzir o governo de Brasília. A intervenção federal torna-se cada vez mais possível. O presidente dos Democratas, Deputado Rodrigo Maia, afirmou em entrevista que o DEM sai fortalecido dos recentes acontecimentos. Mais um aliado do candidato Serra que é afastado do poder.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Justiça Eleitoral suspende cassação de Kassab, de sua vice e de oito vereadores.

A Justiça Eleitoral suspendeu a cassação do prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab, de sua vice, Alda Marco Antonio e de oito vereadores da Câmara Municipal de São Paulo. O prefeito tenta desvincular os contratos das empreiteiras suspeitas de doação irregular cujo somatório alcança o valor de R$ 243.000.000,00 (duzentos e quarenta e três milhões de reais) já pagos pela prefeitura em 2009. São as seguintes empreiteiras: Camargo Correa, OAS, Carioca Christiani Nielsen, S/A Paulista e Engeform que doaram R$ 6.800.000,00 (seis milhões e oitocentos mil reais) à campanha do prefeito na reeleição de 2008.

VASCO ! VASCO ! VASCO ! DO BLOG DO NASSIF

Trivial do Vasco, campeão moral

Por Antônio César

Nassif,

Abaixo a íntegra da carta de 1924 (do presidente do Vasco defendendo a inclusão de jogadores negros):

“Rio de Janeiro, 7 de Abril de 1924.
Ofício nr. 261
Exmo. Sr. Dr. Arnaldo Guinle

M.D. Presidente da Associação Metropolitana de Esportes Atléticos

As resoluções divulgadas hoje pela imprensa, tomadas em reunião de ontem pelos altos poderes da Associação a que V.Exa tão dignamente preside, colocam o Club de Regatas Vasco da Gama numa tal situação de inferioridade, que absolutamente não pode ser justificada nem pela deficiência do nosso campo, nem pela simplicidade da nossa sede, nem pela condição modesta de grande número dos nossos associados.

Os privilégios concedidos aos cinco clubes fundadores da AMEA e a forma por que será exercido o direito de discussão e voto, e feitas as futuras classificações, obrigam-nos a lavrar o nosso protesto contra as citadas resoluções. Quanto à condição de eliminarmos doze (12) dos nossos jogadores das nossas equipes, resolve por unanimidade a diretoria do Club de Regatas Vasco da Gama não a dever aceitar, por não se conformar com o processo por que foi feita a investigação das posições sociais desses nossos consócios, investigações levadas a um tribunal onde não tiveram nem representação nem defesa.

Estamos certos que V.Exa. será o primeiro a reconhecer que seria um ato pouco digno da nossa parte sacrificar ao desejo de filiar-se à AMEA alguns dos que lutaram para que tivéssemos entre outras vitórias a do campeonato de futebol da cidade do Rio de Janeiro de 1923.

São esses doze jogadores jovens, quase todos brasileiros, no começo de sua carreira e o ato público que os pode macular nunca será praticado com a solidariedade dos que dirigem a casa que os acolheu, nem sob o pavilhão que eles, com tanta galhardia, cobriram de glórias.

Nestes termos, sentimos ter que comunicar a V.Exa. que desistimos de fazer parte da AMEA.

Queira V.Exa. aceitar os protestos de consideração e estima de quem tem a honra de se subscrever, de V.Exa. At. Vnr. Obrigado

(a) Dr. José Augusto Prestes Presidente”

Kassab gastou 30 milhões em campanha de 2008

O Prefeito Gilberto Kassab consumiu a exorbitante quantia de 30 milhões de reais em sua campanha de reeleição no pleito de 2008. O mais interessante é que desta quantia, 10 milhões são considerados irregulares pela justiça. Um exemplo é o do Sindicato de Habitação - Secovi - que por força de lei não pode fazer doações a partidos politicos, comitês e candidatos e através da AIB - Associação Imobiliária Brasileira - acusada pelo Ministério Público de servir de fachada do Secovi, doou 2,7 milhões à campanha do prefeito em 2008.

Outro aliado de Serra é cassado. Candidatura sofre sério abalo

O prefeito Gilberto Kassab da capital paulista foi cassado por decisão do TRE-SP. Sua vice, Alda Marco Antonio (PMDB) e mais oito vereadores foram também cassados. Kassab afirmou que vai recorrer da decisão após a publicação no Diário Oficial de amanhã - terça-feira -. Como a medida tem efeito suspensivo imediato, os dois - prefeito e a vice - poderão permanecer no cargo enquanto tramita o recurso no TRE-SP. A cúpula tucana está preocupadíssima com as consequências políticas que poderão influenciar negativamente no andamento da candidatura de Serra. E não é prá menos.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

FOGÃO BI-CAMPEÃO DA TAÇA GUANABARA. TORCIDA EM JF FOI AO DELÍRIO

Na decisão da taça Guanabara de 2010 o Botafogo venceu o Vasco por 2 a 0 em partida realizada no Maracanã. Os gols surgiram no segundo tempo. Fábio Ferreira e Loco Abreu marcaram para o Fogão.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

VASCO ! VASCO ! VASCO !

Hoje -21/02/2010- a decisão da Taça Guanabara no Maracanã. O horário da sensacional decisão entre o Vasco e Botafogo foi marcada pela Federação para as 17h01 (quanta precisão!).

Prefeito Kassab (DEM) é cassado pela Justiça Eleitoral

O prefeito Gilberto Kassab foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral por suspeitas de doações ilegais na eleição de 2008. A publicação da decisão deverá ser publicado na terça-feira no Diário Oficial, segundo informações da Folha de São Paulo. Os advogados do prefeito informaram que irão recorrer da decisão

Obrigado Éverson

Este blog foi concebido tecnicamente pelo engenheiro de áudio Éverson Dias, premiado duas vezes com o Grammy Latino.

Blog do Zé Dirceu

A determinação da nossa candidata

Image

"Teus ombros suportam o mundo e ele não pesa mais que a mão de uma criança". O bonito trecho da poesia de nosso conterrâneo Carlos Drummond de Andrade foi a senha hoje para a ministra Dilma Rousseff assumir, perante milhares de petistas, sua candidatura à presidência da República pelo PT e aliados. Foi, também, uma auto-definição com a qual ela transmitiu o estado de espírito com que se lança na disputa eleitoral.

Serena, mas com vigor e entusiasmo, Dilma assegurou sentir-se absolutamente preparada para enfrentar o desafio de governar o país com humildade, responsabilidade e confiança. Ela confessou-se consciente dos desafios que tem pela frente, de entrar na campanha eleitoral, vencer em outubro e prosseguir na implantação do projeto político empreendido em oito anos de governo do PT, de desenvolvimento pleno do Brasil. "Estamos construindo um novo país", acentuou, a partir do caminho traçado pelo presidente Lula para a superação das desigualdades, conduzindo o processo de mudanças sociais em clima de paz.

Ao lembrar seu passado de resistência e luta, Dilma disse não admitir que lições de liberdade nos sejam dadas por quem com esta não tem compromisso. O povo brasileiro precisa ter uma democracia econômica e social. "Quando falta democracia, tudo fica ameaçado", considerou.

Metade do céu, metade da terra

Dilma afirmou que para muitos as mulheres são metade do céu, "mas nós queremos ser metade da terra também, e por isso não há limites para nós mulheres". Ela relacionou avanços conquistados no governo Lula e encareceu a necessidade de que essa marcha tenha continuidade, pautada por esse projeto de desenvolvimento nacional que mudou os rumos do Brasil reconhecido e respeitado mundialmente como um país soberano, livre e mais justo. Não teríamos chegado aqui, enfatizou, "se não tivéssemos construido novos caminhos e derrubado os velhos e carcomidos dogmas que funcionavam como empecilho".

No terceiro governo democrático e popular, "nós poderemos avançar ainda muito mais, ir além nas conquistas" e no aprofundamento dos compromissos sociais do atual governo voltados para todos - principalmente no crescimento, emprego e distribuição de renda - e não apenas para as elites.

Dilma reassumiu a prioridade que pretende imprimir à educação - da creche à pós-graduação - meio e bem essenciais para a emancipação política e cultural do nosso povo e também para o desenvolvimento econômico do país. "Priorizar o cuidado com as nossas crianças e investir na educação em todos os graus e níveis é combater na raiz a desigualdade social", concluiu.

Cruzeiro x Atlético

O Cruzeiro venceu o Atlético por 3 x 1 no Mineirão pelo campeonato mineiro.

Tupi - o galo do litoral - vence Ituiutaba por 3 x 0 no estádio municipal de Juiz de Fora

Lula filho do Brasil - Trailer

video

11 de setembro

Solidariedade chiilena



video

Do Blog do Nassif

O PT caminhando para o centro

Congresso do PT


Uma leitura interessante

Nas eleições de 2002, chegou-se a falar que, eleito, Lula se aliaria às FARCs e, com 200 mil guerrilheiros, invadiria o país, cercaria os quartéis e daria um golpe. Foi um guru maluco de Washington que recebeu alguma reverberação na imprensa. Fora a fantasia, havia propostas de auditoria da dívida externa e outras mais.

Agora, todos os jornais dão manchetes sobre a “radicalização” no Congresso do PT. É tudo uma questão de perspectiva. Se, em vez da partidarização, resolvessem praticar jornalismo analítico, bastaria comparar com teses de outros tempos, para a manchete ser: “PT aprova documento reconhecendo a economia de mercado”

Confira as tais “medidas radicais”:

1. Redução da jornada de trabalho: medida tipicamente de sindicalismo em economia de mercado. Particularmente sou contra, por razões de mercado. Chamar de medida radical, só nos nossos jornais.

2. Medidas para combater o monopólio dos meios eletrônicos: é o PT assimilando as posições da Folha de alguns anos atrás.

3. Atualizar os índices de produtividade: uma discussão que só tem efeito dentro de um ambiente democrático e juridicamente seguro.

4. Tributação sobre grandes fortunas: tema que navega com naturalidade em qualquer discussão econômica civilizada, permitindo aos dois lados, contra ou a favor, brandirem argumentos civilizados.

5. Apoio incondicional ao Programa Nacional de Direitos Humanos: segundo o ombudsman da Folha, apenas 14 dias depois de iniciada a discussão sobre o PNDH-3, o jornal foi saber do que se tratava. Aparentemente, ainda não sabe.

6. Homossexualidade nas Forças Armadas: a Folha inclui no caldirão de “diretrizes à esquerda”.

Da Folha de S.Paulo

PT aprova documento final com diretrizes à esquerda

Cúpula do partido afirma que texto é “genérico” e ainda será discutido e alterado

Documento, que toca em pontos polêmicos, servirá de base inicial para o programa de governo da candidatura de Dilma à Presidência




Piadas do Jô

video